Saiba todas as novidades RepRap em Portugal nesta página. Registe-se e submeta a sua notícia ou projeto aqui.
Por questões de segurança, antes de submeter solicite permissão através dos contactos.
Obrigado.

https://www.thingiverse.com/thing:4646139

Agora podes vir a receber algumas das bobines da reprap.pt impressas!

No topo enviamos-te um link para os ficheiros em STL E BLEND. Podes imprimir com a cor e infill que quiseres!

O recomendado é 30% de infill, nozzle 0.6mm. Top e bottom layes a 0 (zero). No fim podes colar as partes com cola quente ou super cola. E aqui vai o resultado, diverte-te!

 

" Partilho convosco uma experiência que fiz. Já experimentei uma destas bobines com o infill Gyroid e ficou bem fixe. Mas com fasthoneycomb e nozzle 0.6mm ficou mais resistente. Para quem gosta ou está a tentar fazer filamento é uma boa alternativa às bobines de compra. As que fiz pesavam pouco mais de 100gr porque meti menos infill. Deu para aproveitar o restos de filamento dos testes."

PLA RepRap PT - 1.75mm 500gr - Rainbow (PT)

PLA RepRap PT - 1.75mm 1Kg - Rainbow (PT)

Filamento Rainbow

#DAFTPUNKHONOR Em homenagem à dupla Daft Punk.

O que fazer ao material que não corre bem ou aos suportes?

Este é um assunto muito delicado mas muito importante na impressão 3D, e quando falamos neste tema não podemos ignorar o problema acrescido que envolve esta área: Plásticos.

Este artigo tem o objectivo de te elucidar sobre como e o que fazer ao material sobrante.

Descartar o PLA

No caso do PLA este deve ser deitado no lixo comum, não no ecoponto amarelo junto dos outros plásticos.

Parece estranho não é? Sendo um plástico deveria ser reutilizado/reciclado, mas estamos a falar num plástico compostável que pode ser queimado na incineradora ou enterrado no aterro. No entanto antes de ser descartado deve passar por um processo de degradação. O seguinte video pode ajudar a perceber melhor:

 

Descartar PETg e ABS?

Estes sim podem ser deitados no ecoponto amarelo, mas é importante saber que não podem ser misturados com o PLA pois este pode contaminar/confundir no processo de selecção dos plásticos.

 

Conclusão: Nenhum dos materiais pode ser deitado para oceanos, rios, matas, florestas ou outros ambientes naturais e por muitas folhas que metam nas imagens do PLA este tem de ser descartado com o lixo comum.

 

Pode usar uma caneta permanente para juntar a cor no filamento natural durante a impressão, ou pintar as impressões finais:

Para pintar as impressões finais pode usar marcadores de óleo, acrilico:

Após a impressão exprimentámos as canetas GIOTTO - Decor e Amsterdam All Acrylic - Acrylic Marker que funcionaram muito bem em impressões a branco.

Para mistrurar durante a impressão obtivemos melhores resultados com canetas permanentes, neste ultimo caso exprimentámos com Ergo Marker KOH-I-NOOR HARDTMUTH.

Partilhamos aqui uns tópicos que podem ajudar a compreender a diferença de forma rápida entre as versões:

  • O TMC2100 / TMC2130 possui o modo stealthChop1, que não é forte o suficiente para muitas impressoras 3D.
  • A alternativa é o modo spreadCycle, que faz com que a maioria dos motores fadigue com energia de 12V. É necessária energia de 24V para evitar a perda da força.
  • O TMC2208 / TMC2224 possui o modo stealthChop2, que é mais forte e projetado para impressoras 3D.
  • O TMC2208 / TMC2224 opera no modo autônomo, não há necessidade de conectar fios SPI. Há uma interface opcional UART suportada no Marlin 1.1.7 e RepRapFirmware, mas não há necessidade. (os TMC21xx também têm de um modo autônomo)
  • O TMC2224 possui a seleção stealthChop2 / spreadCycle usando o jumper MS3.

Lista de Drivers TMC

Ler artigo original: https://github.com/superjamie/lazyweb/wiki/3D-Printing-TMC22xx-Quick-Guide